Search Menu
Home Latest News Menu

SFX Recebe $15 Milhões Para Pagar Cachês De Artistas

Os festivais que sobraram devem acontecer conforme planejado

  • Mixmag Brazil Crew
  • 11 April 2016
SFX Recebe $15 Milhões Para Pagar Cachês De Artistas

A juíza Mary Walrath, que está supervisionando o processo de falência da SFX, que na semana passada anunciou o corte de 50 empregos em New York, garantiu uma verba de $15 milhões para pagamento dos artistas dos festivais da temporada, permitindo o funcionamento apesar da quebra.

A verba deve permitir que os eventos já planejados pela empresa possam seguir adiante com a esperança de gerar dinheiro de pagamentos devidos mesmo após bankrupt.

A reputação da empresa caiu tanto que agentes de artistas exigem 100% dos pagamentos adiantados, antes mesmo dos nomes dos DJs serem anunciados no line up dos eventos.

O acordo foi fechado após um mês de negociações entre a falida SFX, DIP Lenders, WME, AM Only, Windish e a Paradigm Talent Agency.

Segundo os termos do acordo, os headliners de festivais para 10,000 pessoas ou mais vão receber 25% do cachê antes de terem seus nomes divulgados no line-up, 50% trinta dias antes da data do evento e os 25% finais no máximo 5 dias úteis antes do começo do festival.

Em caso de cancelamento do evento, a SFX deverá pagar 100% dos cachês dos DJs anunciados.

A regra para o restante dos artistas é parecida: os pagamentos devem ser realizados com os mesmos intervalos, mas em quantias que representem 15%, 40% e 45% respectivamente. Os contratos mantem validade em casa de venda do festival.

A queda do grupo SFX desencadeou um efeito dominó: o Beatport está sendo vendido, o TomorrowWorld foi cancelado, 50 empregados estão sendo cortados em Nova York, o CEO foi deposto, acionistas entraram na justiça contra a própria empresa alegando terem sido enganados, artistas vem exigindo pagamento adiantado (desde setembro de 2015) e recentemente o festival Stereosonic tambem foi cancelado.

h/t: Amplify

Loading...
Loading...