Search Menu
Home Latest News Menu
News

Corona lança campanha e website de projeto de proteção aos oceanos

Assista a animação 'O Peixe' e entenda o que a poluição está causando ao planeta

  • Mixmag Team
  • 23 April 2019
Corona lança campanha e website de projeto de proteção aos oceanos

No Dia da Terra, a Corona e Parley apresentam “O Peixe”, uma animação em stop-motion, criada por Adam Pessane (conhecido como PES), animador destop-motion indicado ao Oscar em 2013, que ilustra os perigos que a poluição marinha pelo plástico representa para os animais e o meio-ambiente.

Além disso, a marca de cerveja e a organização também aproveitam a data para anunciar a chegada de seu novo portal, com dados sobre o projeto e as limpezas de praia promovidas em todo o mundo, nas quais as pessoas podem se engajar.

“O Peixe” pode ser assistido no canal de YouTube do PES (video abaixo) e o impactante filme mostra um peixe-robô, feito com elementos de lixo plástico encontrados no oceano, sendo engolido por uma gaivota, reforçando a mensagem de como esse tipo de poluição ameaça a existência de mais 800 tipos de espécies animais.

Anualmente, oito milhões de toneladas de plástico são despejados nos oceanos do mundo inteiro, e 100 mil mamíferos marinhos e tartarugas são encontrados mortos por causa da poluição dos oceanos.

Além disso, 90% dos pássaros marinhos têm plástico em seu estômago e a expectativa é de que, até 2050, haverá mais lixo plástico no mar do que peixe.

São dados alarmantes e, por isso, o projeto foca nesse tema no Dia da Terra, a fim de convidar a todos a refletirem sobre o impacto negativo que suas escolhas relacionadas ao uso e descarte incorreto desse material tem ao bem-estar de todos os seres vivos.

“Tenho muito orgulho de usar minhas plataformas para conscientizar a todos sobre esse problema, pois acredito que temos feito muito pouco pelos nossos oceanos. Foi um prazer trabalhar com Corona e Parley for the Oceans nessa animação que eu espero que ajude a mudar essa situação crítica que ameaça a vida marinha”, afirmou PES, o criador de “O Peixe”.

Para mostrar como cada um pode ajudar nessa luta, Corona e Parley contam agora com um portal interativo protectparadise.com, que traz todos os esforços de Corona x Parley em todo o mundo, inclusive no Brasil.

É um convite a população para participar de ações que são fundamentais para transformar o futuro e a proteger a vida de animais marinhos e de todo um ecossistema.

“Nesse Dia da Terra, Corona quis promover uma discussão de uma maneira diferente e irreverente, para se conectar a seus consumidores e atrair a atenção da população sobre essa causa.

A colaboração com PES é perfeita para mostrar tudo que o projeto de Corona com a Parley tem feito ao redor do mundo, além de reforçar o nosso compromisso compartilhado de lutar contra o lixo plástico, que ameaça nossos oceanos e mais de 800 espécies animais”, afirma Bruna Buás, diretora de marketing de Corona no Brasil.

De acordo com Cyrill Gutsch, fundador e CEO da Parley for the Oceans, quando a parceria com Corona foi lançada em 2017 foi feita uma promessa de limpar o lixo plástico de 100 ilhas, até 2020.

“Mas já atingimos nosso objetivo no ano passado e, por isso, estamos estendendo nossos esforços para milhares de praias ao redor do mundo. Estamos convidando todos a participar, a se juntar a nossa plataforma colaborativa para apoiar esse movimento tão importante.

O foco é proteger vidas, pois cada pedaço de plástico que interceptamos em uma praia é uma vitória, já que evitamos que ele vire alimento de um animal ou até mesmo de um ser humano”.

Globalmente, a parceria, desde 2017, já promoveu mais de 519 ações de limpeza de praia, com 25.808 voluntários em 15 países.

No Brasil, Corona x Parley foi lançada em fevereiro de 2019 e já realizou ações de conscientização e limpezas em praias de Fernando de Noronha, do Rio de Janeiro e de Florianópolis, envolvendo mais de 200 pessoas e coletando mais de 250 quilos de lixo plástico.

Suas ações se baseiam em três grandes pilares: evitar o uso de plásticos; interceptar e recolher esses materiais nas praias; e recriar as maneiras, os materiais e o pensamento por trás do plástico.

Para saber mais sobre como ajudar a mudar o cenário atual de poluição marinha, acesse protectparadise.com.

Photo: Internet

Loading...
Loading...