Search Menu
Home Latest News Menu
Features

DJ Polly é mais uma forte promessa da cena eletrônica nacional

Confira entrevista exclusiva e novo vídeo lançado pela artista

  • Marllon Gauche
  • 27 March 2021

Para chamar a atenção do grande público, mesmo se tratando do cenário underground, algumas características são fundamentais: carisma, feeling e um bom repertório estão entre elas, e basta ver alguns minutos do novo projeto audiovisual da paulista DJ Polly, que você percebe todos estes atributos.

DJ há cinco anos, ela já tocou em diversos clubs e eventos do Brasil, mas nunca havia encarado um desafio artístico tão complexo como este: a gravação de um DJ set, em vídeo, nos Cânions do Rio São Francisco, em Alagoas (veja logo abaixo):

Inóspito e totalmente isolado, Polly e sua equipe de nove pessoas tiveram que se desdobrar para fazer esse projeto pessoal acontecer, mais detalhes desse desafio e também da trajetória da artista até aqui você confere logo abaixo, nesta entrevista exclusiva à Mixmag:

MIXMAG: Olá, Polly! Obrigado por aceitar essa entrevista. O local escolhido para a sua gravação realmente foi bastante inusitado, imagino ter sido um grande desafio… vocês chegaram a cogitar outra locação ou os cânions sempre foram a única opção?

DJ Polly: Olá pessoal! Obrigada pelo espaço. Sim, o local dos cânions sempre foi a primeira opção, pois já vinha sendo arquitetada pelo meu produtor e achamos o lugar incrível.

A ideia surgiu logo após a pandemia, com a paralisação dos eventos, certo? Por quanto tempo vocês planejaram? Algo não saiu como o esperado ou no final deu tudo certo, apesar das dificuldades?

Planejamos durante 3 meses, fazendo visita técnica, e estudando o local. O local em si é de difícil acesso bem no meio do sertão alagoano a 460km de distância da capital Maceió, e a cidade mais perto do local de gravação era 45km, tivemos dificuldades em achar um gerador, e só conseguimos achar a 80km de distância e era um gerador pra festa, ou seja, teve que ir um caminhão só pra ligar o cdj e o som, porém o gerador não chegava até o local e tivemos que usar 300m de extensão passando pelo meio dos cactos até chegar onde precisava.

O grande objetivo deste projeto, além de ser um desafio pessoal, também foi para mostrar sua nova identidade sonora… fala um pouco pra gente dessa transição que você passou nos últimos meses/anos como DJ?

Venho passando por essa transição há mais de um ano. Acredito que descobrir sua identidade sonora é algo essencial, que requer tempo!

Não é um processo fácil, mas o que facilita é sair da zona de conforto e apostar no que você acredita ser bom.

Essa mistura de Melodic Techno com Tech House também nos chamou a atenção, é um pouco inusitada. Geralmente os DJs não fazem essa fusão de estilos num mesmo set. Como você enxerga essa conexão?

Enxergo de uma maneira positiva. Eu vejo o mundo da música eletrônica como um padrão, e padrões foram feitos para serem quebrados, ao redor do mundo vários DJs mesclaram vertentes diferentes e nasce um novo estilo musical, eu vejo minha identidade única e autêntica.

E voltando um pouco no passado, em que momento DJ Polly surgiu? O que te fez acreditar na carreira musical dentro da cena eletrônica? Algum movimento ou artista teve mais peso ou influência nessa decisão?

O projeto Polly surgiu em 2017, mas o amor pela música eletrônica vem desde os meus 13 anos. Acredito que a determinação te leva a lugares inimagináveis e isso com certeza é um fator que te faz acreditar no propósito e correr atrás.

O que você acredita que são habilidades/técnicas importantes para conseguir evoluir como profissional? E como você vê seu projeto daqui há alguns anos?

Sobre habilidades, acho que o estudo deve estar acima de tudo, conhecimento nunca é demais… se aprofundar cada vez mais na sua profissão é essencial!

Então eu acredito, que estudar, arriscar, sair da zona de conforto e experimentar novas coisas é totalmente necessário, bem como se permitir ouvir coisas diferentes, conhecer novos artistas… tudo isso ajuda muito no crescimento profissional.

Sobre meu futuro, olho pra ele com otimismo, espero que daqui alguns anos meu projeto seja totalmente reconhecido, quero que as pessoas ouçam minha música, meu som e digam: ‘Ah! Essa é a DJ Polly, né?!’, tudo o que eu mais quero é estar vivendo e sobrevivendo do meu sonho, melhor ainda se vier acompanhado de uma carreira internacional.

Pra gente fechar, você também lançará em breve sua primeira música autoral, né? Conta mais pra gente sobre este novo passo...

Sim, essa minha nova música vem representando toda a minha nova identidade sonora, decidir fazer um melodic techno, sendo uma música rica em elementos a todo momento com ambiência e synth.

Como estou nessa transição do tech house e melodic fiz uma track com um título mais envolvente e mais dançante!

Follow DJ Polly on: Instagram | Soundcloud | YouTube

Photos: Divulgação

Load the next article
Loading...
Loading...