Search Menu
Home Latest News Menu
Features

Entrevista: Rogério Soldera

O nome por trás da FewBeats e curador da ‘Pistinha da Anzu’

  • Juliana Mendes
  • 30 November 2015
« Read this article from the beginning

2 Parte

Você tambem está por trás do label FewBeats, focado no underground. Conte mais sobre.

A FewBeats é um núcleo dedicado à música eletrônica de qualidade que nasceu junto com a Pistinha Externa do Anzuclub.

Além de gravadora, nossos eventos tem a proposta de apresentar grandes festas com ótimo lineup. Danny Daze, Art Department, Lee Foss, Karmon e Audiojack já se apresentaram em nossos eventos.

Também fomos parceiros de marcas consolidadas no mercado nacional, como Warung Tour e MOB Festival.

Como vai ser o final de 2015 e o carnaval 2016 para você?

Bastante agitado! Já temos datas fechadas no Sul e Nordeste do país que serão anunciadas na minha página em breve.

Alguma nova colaboração ou notícia quente sobre parcerias musicais ou afins?

Minha grande collab de 2015 foi com o Maurício, aka Poligamyk. Começamos a produzir em Janeiro e agora os resultados estão chegando. Paralelamente, meu primeiro EP será lançado em Janeiro de 2016.

Quais as suas metas e objetivos para o futuro?

Como meta, consolidar-me cada vez mais como produtor, lançando música por selos internacionais de renome.

Quem são os seus mentores? Em quem você se espelha?

Mentores, sem dúvida alguma, meus grandes amigos de Anzuclub e de vida, Felipe Gaspar e Gabriel Lisboa.

Como espelho, Gui Boratto, por sua originalidade, posicionamento artístico impecável e extrema educação. Só não ouso me espelhar musicalmente pois ficaria frustado, nunca o alcançaria.

Algum projeto para divulgar?

Estou bastante ansioso com meu novo projeto em parceria com o Clash Club (São Paulo), Club 88 (Campinas) e Anzuclub (Itu) onde apresentaremos noites focadas em novos talentos.

O Brasil talvez tenha hoje sua melhor safra de artistas e é imprescindível estarmos cada vez mais unidos, visando sempre o fortalecimento da cena e a expansão da cultura musical de todos os estilos.

Apps e tech incríveis que você recomenda e um conselho bacana.

Para produzir meu DAW é o Ableton e meus VSTs favoritos são o Sylenth1 (LennarDigital) e o Gladiator (Tone2). Para tocar, as tradicionais CDJ 2000 da Pionner.

O conselho? Estude música!

Ouça o som do Rogério Soldera no player abaixo!

Fotos: Divulgação

Curta a Mixmag no Facebook / Google Plus / Instagram / Twitter / YouTube!

Loading...
Loading...