Search Show Menu
Home Latest News Menu
Blog

Entenda porque Beyonce, Bruno Mars e Coldplay não ganham cachê no Super Bowl

A monetização por trás do show business

  • Mixmag Brazil Staff
  • 27 August 2018
« Read this article from the beginning

1 Mas...como assim?

“Não pagamos artistas,” explica Joanna Hunter, porta voz da NFL. “Nós cobrimos os gastos e custos de produção associados com o show.”

E esses custos não são nada baixos. O primeiro "show grátis" de Beyonce no Super Bowl aconteceu em 2013 e a lista de despesas envolveu viagens, acomodação, extras e cachês de dançarinos e músicos, chegando a cerca de $600 mil dólares.

Segundo o Wall Street Journal, os custos dos shows dos intervalos do Super Bowl começaram a subir em 1993, quando o artista da vez, Michael Jackson, segurou boa audiência apesar de um jogo morno e nada atrativo.

A estratégia mudou o comportamento do público que, até então, simplesmente mudava de canal.

Next Page »
Loading...
Loading...