Search Show Menu
Home Latest News Menu
Features

Agência de DJs: tudo que você precisa saber antes de procurar uma

Dicas que vão fazer muito bem!

  • Mixmag Team
  • 15 June 2018
« Read this article from the beginning

2 Paulo Silveira (Hypno)

A Hypno Artist Agency está no mercado desde 1996 e foi fundada pelo empresário Paulo Silveira, a primeira empresa de agenciamento artístico de DJs da America Latina 100% focada em música eletrônica.

Enquanto a cena se consolidava na Europa, a Hypno descobria talentos que trouxeram novos ritmos e marcaram uma geração que influenciou na consolidação da música eletrônica em território nacional.

Nestes mais de 15 anos de história, o sucesso não aconteceu à toa. Com o olhar sempre à frente de seu tempo, acompanhando o crescimento do mercado e se desenvolvendo junto a ele, a Hypno trabalha pensando no futuro, sabendo onde e como fazer a aposta certa.

Em um mercado que se atualiza a cada dia, estes artistas da nova geração da música eletrônica produzem grandes sucessos e fazem shows para multidões como antigamente faziam os grandes astros do Rock.

Com mais de 90 artistas nacionais e internacionais especializados nos mais variados gêneros musicais, que a cada dia ganham reconhecimento global, a Hypno Artist Agency, oferece sempre excelentes opções de negócios.

O que o artista deve fazer antes mesmo de pensar em se filiar a uma agência?

Acho que antes de se afiliar a uma agência o artista deve já estar inserido no mercado de alguma forma, caso contrário será muito difícil chamar atenção das agências.

Somado a isso, deve-se ter um excelente nível técnico de discotecagem, saber ler uma pista e já estar muito bem encaminhado nas produções com bons lançamentos em selos de renome nacional e internacional.

Antes dessa maturação, é melhor correr sozinho no mercado como a maioria faz.

Qual o melhor approach na hora de fazer o primeiro contato com uma agência?

Uma boa dica é não insistir caso a agência ou agente, em um primeiro momento, não retorne com um sim.

Acho que ninguém gosta de receber um monte de emails, mensagens de WhatssApp, etc, sendo que já analisou o material e achou que não é o momento de contratação.

Tudo tem sua hora e quando chegar o momento alguém vai procurar o artista pois todos estamos de olhos bem abertos para novos talentos.

Agora, o bom approach é aquele que chega com educação, humildade, profissionalismo e com um material bem organizado. Essas pessoas chamam atenção.

Que tipo de currículo devem apresentar para facilitar a contratação?

Ele pode apresentar um muito bem elaborado e editado EPK (Electronic Press Kit) ou um PDF interativo da mesma forma, bem elaborado e editado.

Um PDF que definitivamente me chamou atenção foi do artista TROMMER, de Santa Maria. Não o conhecia mas ele me mandou um material de super bom gosto e qualidade excelente que fisgou minha curiosidade. Consequentemente o contratei.

Como melhorar as chances na primeira entrevista na agência?

Não vir com medo, afinal ninguém vai morder (rs), ser bem articulado, comunicativo e muito objetivo ao apresentar seus pontos fortes e material. Tem que vender o “peixe”.

E após entrar na agência?

Ter comportamento extremamente profissional, honrar compromissos, ter postura adequada nas apresentações, tratar a todos, de promoters a fãs, com muita educação e nos munir sempre e incessantemente com material novo.

O que mais desagrada (e irrita) a equipe de uma agência de DJs? O que deve ser evitado?

No meu caso, cito algumas coisas que me deixam bastante incomodado: perder vôos por motivos banais, se apresentar alcoolizado, se portar mal antes, durante ou depois de uma apresentação, tratar mal as pessoas, ser arrogante ou mal educado.

O que o artista pode fazer para ajudar nas sua própria venda?

Investir forte nas mídias sociais assessorado por um bom profissional e não sozinho e aleatoriamente, cuidar de sua imagem, procurar boas colaborações que realmente somam e não atirar para todo lado (menos é mais), assessoria de imprensa na hora certa, ou seja, quando já tiver conteúdo suficiente e constante para valer a pena o investimento, nunca parar de estudar música e planejar, entre outras coisas.

Um elemento comum nas histórias de sucesso que você presenciou

Acertar um hit

Breve histórico

Respiro música eletrônica desde seu DAY 1 no Brasil, lá pelos fins dos anos 80 e meu objetivo é me aposentar dentro desse mercado.

Convencido por Anderson Noise em meados de 1995, abrí a primeira agência 100% música eletrônica do Brasil e aqui estou até hoje.

Já são mais de 20 anos, alguns milhares de contratos realizados e enorme satisfação em ainda poder trabalhar com o que gosto.

Alguns nomes com quem já trabalhei: Gui Boratto, Marky, Fabricio Pecanha, Marcelo CIC, Life is a Loop, Mau Mau, Renato Cohen, dentre MUITOS outros.

Nomes com quem trabalho hoje: Allan Villar, Ammie Graves, Anderson Noise, Angelo Fracalanza, Bruce Leroys, Carlo Dall Anese, Clickbox, Cris Proença,D.E.C.A.D.A., Darick Gyorgy, Deep Dog,Diego Miranda (Portugal), Ellie Ka, Fabiano Reis, Fischetti, Fractal Mood, Gabi Lima, Gui Boendia, Gustavo Peluzo, Igor Ci, Ilan, I.Y.F.F.E, Jaen Paniagua (Mexico), Jayyline, Listen the Kids, Lukas Vega, Mary Zander, Nedu Lopes, Padovan9, Pedro Amaral, Raul Boesel, Renata Carnovale, Ricardo Menga, Sonic Future, SSAM, Toda Martin, Tessuto, Thomas Gandey (U.K.), The Cube Guys (Espanha), Thiago Bellini, Trommer, White Sheep e Aulora.

Contatos da agência

Hypno Agency : Phone/Whatsapp: + 55 11 9. 9484.9930
Av. Eng. Luis Carlos Berrine, 1748 cj 2203 São Paulo Tel: (11) 3842 8113

Next Page »
Loading...
Loading...